Facebook
Twitter
Youtube

» Blog

O Cara do CPD

15/10/2010
Dia 18 próximo é uma data especial para nossa classe. É o dia do “cara do CPD!!”. Poucos, fora do mercado de TI (sim, TI ou Tecnologia da Informação, ou até IT, em inglês, que fica até mais “chique”), sabem que nossa profissão tem tantas variações quanto à carreira de Medicina. Enquanto nesta você reconhece facilmente as especializações, como pediatra, otorrino, anestesista, etc, em TI já não é tão fácil. Infelizmente, todo mundo é “aquele pessoal da informática”. Temos nossos generalistas (nossos clínicos gerais) e os especializados, poucos privilegiados que chegam a ganhar tão bem quanto alguns médicos por aí. Nossa profissão começa normalmente com cursos de montagem de computadores, que são os mais numerosos e mais aparecem para nosso maior cliente: o usuário. Depois do pessoal da microinformática, é hora de falar dos analistas de sistemas. Aí, a coisa complica. Há tantas variações nessa “espécie” que vale alguns exemplos. Há o analista de sistemas que escreve, testa e implementa programas de gestão, de folha, etc. Mas não os chamem de programadores. Eles se ofendem, pois são uma subespécie da área de confecções de programas e merecem um texto só pra eles. Há também o analista que lida com infra-estrutura. Uma variação da área de infra são os analistas que implementam e administram bancos de dados e aplicações para servidores como correio eletrônico e colaboração. Estes, inclusive, andam sendo chamados, quando muito especializados, de engenheiros de sistemas. Acho até bonito a nomenclatura, mas, em minha opinião, se o cara não fez engenharia, não o chame de engenheiro. Simples assim. Em qualquer das áreas que citamos acima haverá déficit de mão de obra. Seja devido ao sistema de ensino que não forma profissionais capacitados, seja pelo próprio recém-formado que acha que o mercado de TI se resume a micros e notebooks e não evolui. O futuro é promissor por parte da demanda, mas temo não ser tão perfeito por parte da entrega. Complementando nosso pequeno resumo sobre profissões na área de TI, temos o profissional da área comercial: O temido vendedor. Esse é o verdadeiro criador de sonhos e, em minha singela opinião, um dos que devem ser mais bem preparados para enfrentar o mercado. Em conjunto, essa miríade de profissionais (alguns que citei aqui e muitos outros que, com certeza, esqueci-me de mencionar) forma nosso mercado que é, ao mesmo tempo, fascinante e desafiador. Meu conselho para quem inicia ou quer entrar para nossa área é que se você gosta de novas tecnologias e computadores, não quer dizer que se dará bem na área. Mas, se é isso que deseja fazer, entenda uma coisa que funciona em qualquer outra profissão: Nunca pare de estudar. TI muda quase que diariamente e se você se acomodar e achar que está bem empregado e entende bastante daquele produto ou tecnologia, lembre-se que em seis meses ela pode não mais existir. Marcus Brum, sócio da Brasp

Novidades

Cadastre-se na Newsletter Brasp

Localização

Matriz - Av. Fernando Ferrari, 1080, SL502, Mata da Praia
Vitória - ES / CEP:29066-380
Filiais - Rio de Janeiro | São Paulo | Campinas | Ribeirão Preto | Bauru | São José do Rio Preto | Piracicaba | Uberlândia
Brasp nas redes sociais
4007-2707 (Toll Free)
ou 27 2122-2700
Brasp
Facebook
Twitter
Youtube
Brasp © 2019 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento e Hospedagem

Brasp © 2019 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento e Hospedagem