Facebook
Twitter
Youtube

» Blog

PMEs ganham linha de crédito de R$ 100 milhões para comprar ERP

26/03/2010

O Conselho Deliberativo do fundo de Amparo ao Trabalhador – CODEFAT – aprovou na reunião desta quinta-feira, 25/03, a liberação de um crédito de R$ 100 milhões, que ficará sob a operação do Banco do Brasil, para que as micro e pequenas empresas possam comprar pacotes de gestão empresarial e evoluírem na informatização dos seus negócios. As PMEs terão 36 meses para pagar, contando com um prazo de carência de seis meses. A nova linha de crédito está prevista para chegar ao mercado nos próximos 60 dias. As micro e pequenas empresas terão de pagar PGLP + o spread fixado pelo Banco do Brasil. O limite máximo de financiamneto para as PMEs será de R$ 90 mil. Na reunião, o CODEFAT rejeitou a inserção de compra de equipamentos. Houve o entendimento que nesse segmento já existem linhas de créditos tão atraentes quanto esta que está sendo liberada para a compra de ERP. O vice-presidente para a Área de Informática da Confederação Nacional de Serviços e presidente da Fenainfo, Mauricio Mugnaini, ressaltou que esse novo modelo de financiamento alanvacará o setor desenvolvedor de software, uma vez que abre oportunidades de negócios numa vertical ainda pouco explorada pelos grandes fornecedores. A resolução do CODEFAT deverá estar publicada no Diário Oficial desta sexta-feira, 26/03. FONTE: Convergência Digital O Conselho Deliberativo do fundo de Amparo ao Trabalhador – CODEFAT – aprovou na reunião desta quinta-feira, 25/03, a liberação de um crédito de R$ 100 milhões, que ficará sob a operação do Banco do Brasil, para que as micro e pequenas empresas possam comprar pacotes de gestão empresarial e evoluírem na informatização dos seus negócios. As PMEs terão 36 meses para pagar, contando com um prazo de carência de seis meses. A nova linha de crédito está prevista para chegar ao mercado nos próximos 60 dias. As micro e pequenas empresas terão de pagar PGLP + o spread fixado pelo Banco do Brasil. O limite máximo de financiamneto para as PMEs será de R$ 90 mil. Na reunião, o CODEFAT rejeitou a inserção de compra de equipamentos. Houve o entendimento que nesse segmento já existem linhas de créditos tão atraentes quanto esta que está sendo liberada para a compra de ERP. O vice-presidente para a Área de Informática da Confederação Nacional de Serviços e presidente da Fenainfo, Mauricio Mugnaini, ressaltou que esse novo modelo de financiamento alanvacará o setor desenvolvedor de software, uma vez que abre oportunidades de negócios numa vertical ainda pouco explorada pelos grandes fornecedores. A resolução do CODEFAT deverá estar publicada no Diário Oficial desta sexta-feira, 26/03.


Novidades

Cadastre-se na Newsletter Brasp

Localização

Matriz - Av. Fernando Ferrari, 1080, SL502, Mata da Praia
Vitória - ES / CEP:29066-380
Filiais - Rio de Janeiro | São Paulo | Campinas | Ribeirão Preto | Bauru | São José do Rio Preto | Piracicaba | Uberlândia
Brasp nas redes sociais
4007-2707 (Toll Free)
ou 27 2122-2700
Brasp
Facebook
Twitter
Youtube
Brasp © 2019 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento e Hospedagem

Brasp © 2019 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento e Hospedagem